O Município

História
Maragojipe é um município localizado no Recôncavo da Bahia, a 133 km de Salvador. Com população estimada em 46.260 habitantes, possui uma vasta extensão territorial totalizando 438.182 km² e faz divisa com São Felipe, Cruz das Almas, São Félix, Salinas da Margarida, Nazaré, entre outros.
O município possui seis distritos: São Roque do Paraguaçu, Nagé, Coqueiros, Guaí, Guapira e Sede. Sua emancipação política é datada de 08 de maio de 1850, quando Maragojipe foi elevada à categoria de cidade.

Festas e Celebrações
O Carnaval de Maragojipe é reconhecido e registrado como Patrimônio Imaterial da Bahia pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Estado (IPAC), desde 2009. O destaque são as marchinhas entoadas por orquestras de sopro e percussão tocadas pelas centenárias filarmônicas Terpsícore Popular e Dois de Julho. As máscaras e fantasias são os símbolos principais da festa que tem origem nos entrudos europeus, comparando-se ao Carnaval de Veneza, e acrescido pela alegria contagiante do povo baiano.
A Festa Junina tradicional de Maragojipe é forte, emana do seu povo festeiro e hospitaleiro que mantém viva suas tradições. São celebradas as Trezenas em louvor a Santo Antônio nas igrejas de todo o município. O Forró do Cais é a principal festa de largo da cidade no São João. O São Pedro também é celebrado com muita festa no distrito de Guapira.
A Festa de São Bartolomeu, padroeiro da cidade, acontece durante todo o mês de agosto. Além do Pregão de Abertura que acontece no primeiro sábado de Julho, o festejo conta com um mês inteiro repleto de festas e celebrações religiosas. A festa é dividida em profrana e religiosa e vai do bando anunciador, lavagem popular e shows ao novenário, missas, lavagem da igreja e procissão.

Arquitetura
Maragojipe possui uma expressiva estrutura arquitetônica que remonta ao período colonial. A Igreja Matriz de São Bartolomeu, a Casa de Câmara e Cadeia, atual Câmara de Vereadores e o prédio do Fórum, são algumas das edificações mais antigas da cidade.

Gastronomia
O dendê e o marisco são os principais ingredientes da culinária maragojipana.
Além disso, a carne de fumeiro produzida no município tem grande destaque, com produção de origem centenária.

Música
O Samba de Roda é uma das mais antigas tradições musicais de Maragojipe, o qual tem origem no século XIX. Tradição passada de pai para filho, no município, há diversos grupos que se apresentam por todo o Estado.
Além disso, as centenárias filarmônicas Terpsícore Popular e Dois de Julho também fazem parte da cultura musical do município.

Artesanato
Maragojipe é considerado um dos maiores centros de produção artesanal de cerâmica do Brasil. O maior pólo de fabricação está localizado no distrito de Coqueiros, em que há décadas a tradição da cerâmica é passada de geração em geração.

Belezas Naturais
O município é muito rico em recursos naturais com paisagens exuberantes, o que oferece atrativos para o turismo ecológico, rural e náutico. Localizado ao fundo da Baía de Todos os Santos e mais precisamente situado no ponto de encontro do Rio Paraguaçu com o Rio Guaí, apresenta condições excelentes para a pesca desportiva, além de passeios náuticos.